Feriado: encontro de netos com avós

Voltar

Aconteceu05-01

Insistimos no modelo confiável contido na bíblia, de educar os filhos. Os filhos, vivenciam a “doação amorosa dos pais”. Os pais com responsabilidade ensinam aos filhos com autoridade e amor. Enquanto dependentes, as crianças, recebem dos pais todas as orientações que lhes preparam para enfrentar a realidade que lhes aguarda, tão logo  passem a viver independentes.

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.” (Pv 22.6)

“Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá.”(Pv 23.13)

Os pais são responsáveis perante Deus por seus filhos, aos quais devem dar uma boa educação logo na meninice, pois assim como são instruídos, é de esperar-se que continuem quando adultos.

Definida bem essa função dos pais, fica mais fácil definir a função dos outros membros da família, no caso em questão, dos avós. “FERIADO LONGO É OPORTUNIDADE DE NETOS ESTAREM COM AVÓS.”

Não adianta se desesperar frente a uma quebra de regras quando os filhos estão sob os cuidados deles, pois se as funções , os critérios e hábitos estiverem bem estabelecidos pelos pais, isso não trará prejuízo para a autoridade dos pais, nem para o desenvolvimento do caráter dos filhos.

Sabemos que os avós representam automaticamente sabedoria, experiência, afeto e carinho. Alguns pais se queixam  que os avós estragam os netos com seus mimos. Mas o que seriam dos filhos se os avós não dessem uma “folga” eventual ao dia a dia impostos pelos pais?

Temos que aceitar também que os mais velhos têm experiência e, consequentemente, maior tranquilidade para lidar com as crianças (afinal, você já foi a criança que eles criaram e passaram por experiências que os dão embasamento em muitas situações). E mais um detalhe importante: a ajuda extra e confiável que o vovô e a vovó dão em muitos momentos é mais que bem-vinda. Nesse caso é aproveitar e lembrar a todos de seus papéis e funções.

Mas se surgir algum problema, algum atrito em relação a isso, o ideal é uma conversa bem franca e tranquila, bem conduzida e cheia de amor para demonstrar os limites e deixar claro a autoridade que os pais têm.

Estar com o vovô e a vovó é uma oportunidade fantástica para nossos filhos em vários aspectos, como por  exemplo, na formação do seu caráter.
Infelizmente “perdem” os netos que ficam com os avós durante o dia para que seus pais possam trabalhar, pois “perdem” um pouco do encanto da relação avô-neto, que se tornam então avós-pais. Sabemos que isso é comum e é a realidade de muitas famílias que preferem deixar seus filhos aos cuidados de seus pais, pela confiança, amor e relação familiar.

E não estou aqui dizendo que é ruim ou errado, não. Somente que precisa haver uma preocupação a mais por parte dos avôs-pais, de impor limites, mas sem desautorizar os pais, uma vez que permanece sendo deles a responsabilidade de educar os filhos. Aos avós compete  complementar a educação dos pais e não substituir. Ao invés de travarem uma batalha na criação da criança, devem unir as forças em prol desse objetivo maior, que é a sua educação firme e bem estruturada.

“E estarás perto de mim, tu e os teus filhos, e os filhos dos teus filhos…” (Gn 45.10)

Numa família bem estruturada se faz cumprir o que diz a escritura : É uma bem-aventurança ver os filhos de seus filhos! (Sl 128,1,6)

O cancioneiro popular que interpreta os avós que acompanharam os netos desde os primeiros rabiscos, passando pelos desenhos, pelas provas, pelas confidências até a vida se abrir num feroz carrossel, se amedronta e pede encarecidamente que não seja esquecido em um canto qualquer. (Caderno – Toquinho)

Meu “caro neto já crescido”: A bíblia diz, em Provérbios 27.10, Não abandones o teu amigo, nem o amigo de teu pai…”. O melhor amigo, Jesus! O amigo seguinte, o pai!

Não abandones o teu pai, nem o amigo do teu pai. Cuida bem do vovô!  Ele já passou por 3 estágios: Filho, amigo do filho, chegando à bem-aventurança de lhe ver crescer,  meu caro neto, minha querida neta.  Cuide e abrace o vovô e a vovó.

O HOMEM DE BEM DEIXA HERANÇA AOS FILHOS DE SEUS FILHOS! (Pv 13.22)

Não somente os bens honestamente acumulados, mas ainda mais, muito mais: um bom exemplo, uma boa reputação, uma cultura espiritual.
“Os netos são a recompensa de Deus por termos chegado à velhice” (May Waldine)

Pv 17.6 – “Coroa dos velhos são os filhos dos filhos”

Ev. João Batista

 

AD Cidade - Todos os direitos reservados @ 2018 - Site desenvolvido por Leme Digital