24ª Conferência Mundial Pentecostal

Voltar

Aconteceu em São Paulo, nos dias 07 a 10 de setembro, a 24ª Conferência Mundial Pentecostal. O evento foi realizado no novo Templo Central das Assembleias de Deus Ministério do Belém em São Paulo.

Cerca de 6 mil pessoas participaram da abertura, dentre elas centenas de delegados de todas as regiões do mundo. As maiores delegações estrangeiras na abertura eram da Ásia, África e América do Norte.

A presidência do Comitê Organizador ficou a cargo do pastor José Wellington Bezerra da Costa, que é presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), e foi um dos preletores da Conferência.

Também integraram o rol de palestrantes o bispo Charles Blake, líder da Igreja de Cristo nos Estados Unidos desde 2007 e conselheiro da Casa Branca (que lidera uma congregação em West Angeles com mais de 25 mil membros); o pastor Lee Younghoon, líder das Assembleias de Deus na Coréia do Sul e sucessor do pastor Paul Young Cho à frente da Yoido Full Gospel Church em Seul; o pastor Pelle Hornmark, líder do Movimento Pentecostal sueco; George Wood, líder das Assembleias de Deus nos Estados Unidos; Bill Wilson, presidente da Universidade Oral Roberts, diretor-executivo do Centro Internacional para a Renovação Espiritual; Mika Yrjola, pastor da Assembleia de Deus na Finlândia; e Reinhard Bonnk, fundador do ministério (Cristo para Todas as Nações), que em 50 anos de atividade já ganhou 75 milhões de vidas para Jesus, a maioria no continente africano. Temas como evangelização mundial e responsabilidade histórica do pentecostalismo marcaram o evento.

O encerramento ocorreu no Campo de Marte, um dos aeroportos da capital de São Paulo, com a presença de cerca de 200 mil pessoas. A reunião foi dirigida pelo Pr. José Wellington, e pelo pastor Prince Guneratnam, presidente das Assembleias de Deus na Malásia e do Comitê Mundial Pentecostal. A mensagem ficou por conta do bispo Dag Heward-Mills, célebre pegador de cruzadas evangelísticas e fundador e presidente da denominação pentecostal Lighthouse Chapel Internacional, com mais de 1,2 mil igrejas em 52 países.

Em maio de 1947, os pastores suíços Leonard Steiner, David J. du Plessis, J. Roswell, e Donald Gee organizaram uma conferência para líderes pentecostais. Três mil pessoas participaram nesta primeira conferência. Depois, conferências trienais se seguiram e, em 1961, este encontro celebrativo foi nomeado oficialmente de Conferência Mundial Pentecostal. As conferências, desde 1947, foram realizadas em Zurique, na Suíça; Londres (Inglaterra); Dallas (EUA); Vancouver (Canadá); Jerusalém (Israel); Estocolmo (Suécia); entre outras.

Em 1967, pela primeira vez, o Brasil hospedou o evento, sob o tema, “O Espírito Santo Glorificando a Cristo”. Deu-se na cidade do Rio de Janeiro, onde mais de 5 mil pessoas reuniram-se durante três noites, no Estádio do Maracanã. Sob a direção do pastor local do Rio de Janeiro, Paulo Leivas Macalão, o evento até hoje é considerado um marco das igrejas pentecostais brasileiras. Agora, o Brasil novamente teve a oportunidade de receber a Conferência Mundial Pentecostal, sob o tema “Pentecostes Chama Viva”.

Que a chama pentecostal iniciada pelo Espírito Santo no capítulo 2 do livro de Atos permaneça viva até a Volta de Cristo.

Fonte: Cpad news, e site da 24º Conferência Mundial Pentecostal.

André Falcão

AD Cidade - Todos os direitos reservados @ 2018 - Site desenvolvido por Leme Digital